sexta-feira, 29 de novembro de 2013

The Future Of The Doctor - 003


E terminamos por aqui.

Espero que tenham curtido.

Quem não conhece Doctor Who sei que não entendeu nada. Porém, segunda feira voltamos a programação normal do Robiscos!

Até a próxima.

Cinemaniacos - Black friday

Só clicar na imagem para ver todas as ofertas.


Aproveite as ofertas que estão muito boas!

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

The Future of The Doctor - 002

Antes de mais nada o título é meio que seguindo a linha de títulos "originais e cheios de inspiração" (he he he) que tivemos nos últimos especiais. The Name of The Doctor, The Night of The Doctor, The Day of The Doctor.

Até sexta irei postar páginas sobre o que imaginei sobre a cena final do especial de 50 anos. Então se não conhece Doctor Who não vai entender nada.

Continuando com a histórinha que iniciei ontem! Amanhã termina.


Antes de mais nada o título é meio que seguindo a linha de títulos "originais e cheios de inspiração" (he he he)  que tivemos nos últimos especiais. The Name of The Doctor, The Night of The Doctor, The Day of The Doctor. 

Agora vamos a proposta da história.

Até sexta irei postar páginas sobre o que imaginei sobre a cena final do especial de 50 anos. Então se não conhece Doctor Who não vai entender nada.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

The Future of The Doctor - 001


Antes de mais nada o título é meio que seguindo a linha de títulos "originais e cheios de inspiração" (he he he)  que tivemos nos últimos especiais. The Name of The Doctor, The Night of The Doctor, The Day of The Doctor.

Agora vamos a proposta da história.

De hoje até sexta irei postar páginas sobre o que imaginei sobre a cena final do especial de 50 anos. Então se não assistiu já aviso que não continue a partir daqui. Já que contém spoilers.


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Rabiscos do Robiscos 17 - Bigodôncio

Tenho trabalhado com personagens que vão estrelar uma história steampunk e não quero rostos padronizados, quero que seja como na vida real, onde uma mulher queixuda pode ser linda, um cara baixinho pode ter mais imponência que um gigante e por isso tenho treinado várias espécies diferentes de rostos, formatos, tipos, e estava fazendo pessoas de bigodes. Esse gostei e resolvi compartilhar.

Uma das coisas que me deixam um pouco chateado comigo mesmo é quando não consigo desenhar todo dia. Estou retomando o hábito e agora volto com os rabiscos no blog. Quero acabar com esse caderninho de desenho escolar que comprei (sim aqueles baratinhos que a gente leva pra escola quando está no pré kkkkkk) o mais rápido possível.

Até mais. Curtam o feriado de hoje.

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Mickey faz anos...[ATUALIZADO]

[Atualização]Me foi sugerido que seria muito mais interessante se eu tivesse desenhado o Mickey velho e nessa hora me toquei que realmente ficaria muito mais interessante esse post com essa ilustração. Por isso resolvi aceitar a sugestão e fiz Sr. Mouse  com a aparência de 85 anos.
[fim da atualização]


Abaixo meu control+C +V do Wikipedia =D...

Mickey Mouse (conhecido em português por Rato Mickey (português europeu) ou Mickey (português brasileiro)) é um personagem de desenho animado e que se tornou o símbolo da The Walt Disney Company. O personagem foi criado em 1928 por Walt Disney e o desenhista Ub Iwerks2 3 e dublado por Walt Disney. The Walt Disney Company celebra seu aniversário em 18 de novembro de1928, que é a data de lançamento de Steamboat Willie4 , embora até meados dos anos 1980 a data fosse comemorada em 28 de setembro5 . O camundongo antropomórfico evoluiu de ser simplesmente um personagem de desenhos animados e quadrinhos para se tornar um dos símbolos mais conhecidos do mundo. Uma curiosidade é a que Mickey Mouse estaria sob domínio público desde 1998 — a proteção dos direitos autorais nos Estados Unidos só dura setenta anos —, não fosse a aprovação pelo congresso americano da lei de prorrogação do copyright (lei essa que ganhou o apelido de Lei Mickey)6 que expandiu por 20 anos os direitos autorais de todas as obras americanas que não tivessem caído ainda em domínio público, o que faz com que tal situação só ocorra em 18 de novembro de 2018.

As origens do personagem[editar]

O personagem Mickey foi criado em 18 de novembro de 19281 , no curta animado mudo Plane Crazy. Todavia, antes que o trabalho pudesse ser finalizado, o som irrompeu nas telas do cinema. Desta forma, Mickey teve a sua estréia com o desenho sonoro intitulado "Steamboat Willie", que foi o primeiro desenho animado sonoro, apresentado no Colony Theatre em Manhattan, Nova York, em 18 de novembro de 1928, para uma enorme platéia que aguardava ansiosa pela primeira aparição de Mickey Mouse. 7 Sua reprodução vocal (dublagem) a partir de Steamboat Willie era desempenhada pelo próprio Walt Disney (entre 1928 e 1946). Evoluiu de um simples personagem de cartooning e tiras cómicas para um dos personagens mais conhecidos do mundo. Depois de Walt Disney, foi James G. MacDonald que assumiu a vocalização do Mickey e em 1977 Wayne Allwine, um aprendiz de James G. MacDonald que foi a voz do Mickey até a sua morte em 2009. Atualmente, Mickey é dublado por Bret Iwan.
Inicialmente batizado de Mortimer, o personagem teve seu nome alterado para Mickey Mouse por sugestão de Lillian, esposa de Walt Disney, que considerava o primeiro nome formal demais para o personagem. Inicialmente, Mickey bebia e fumava, mas a popularidade que ganhou em pouco tempo foi tão grande que Walt Disney resolveu torná-lo politicamente correto já em 1930.5 Disney considerava o camundongo um amuleto, já que seu sucesso quase imediato em 1928 fez com que saísse da miséria, portanto rechaçou diversas tentativas de seus sócios e subordinados de "matar" o personagem ainda nos anos 1930.5 Ele dizia (e sua esposa concordava): "Nunca liguei para garotas e continuo não ligando. Amo Mickey Mouse mais do que qualquer mulher que já conheci."5
Na banda desenhada (no Brasil, histórias em quadrinhos) atual, os seus melhores amigos são Pluto e Pateta e a sua namorada é Minnie. Há uma linha de histórias em que aparece o personagem Esquálidus, criado por Floyd Gottfredson. Em certas histórias, Mickey costumava andar com o Pato Donald (segundo a tradução brasileira, ambos moram na mesma cidade, Patópolis), mas os universos dos dois são separados.
Tipicamente, Mickey surge em calções vermelhos e sapatos amarelos, uma homenagem que seu criador, Walt Disney, fez à Ordem DeMolay, da qual era membro. Em outras linhas de histórias, são abordados variadíssimos temas; numa delas, Mickey é um detetive, e veste casaco e todo o traje costumeiro. Um dos temas mais conhecidos é o duelo constante com o inimigo Bafo-de-Onça e, noutro tema, também enfrenta o Mancha Negra.

Publicação e dublagens em Portugal e no Brasil[editar]

As tiras de Mickey foram publicadas pela primeira vez no Brasil na revista O Tico Tico em 1930, nessa publicação Mickey era chamado de Ratinho Curioso.8 Atualmente em Portugal e no Brasil a publicação das revistas de banda desenhada cabe à Editora Abril. Além de seu próprio título mensal, Mickey foi destacado como personagem num dos manuais Disney e no Grande Livro Disney (1977).
Nas dublagens brasileiras, o personagem foi dublado inicialmente por Luís Manuel nos anos 60 até meados dos anos 70 (mais tarde Luís chegou a dublar Mickey novamente, algumas vezes nos anos 90, na redublagem de Como é Bom se Divertir, e em em curtas dublados nos estúdios Sincrovídeo, e Delart para VHS como "Os Maiores Sucessos do Pateta", e outros). Por volta de 1973/74 o personagem foi assumido por Cleonir dos Santos, substituíndo Luís Manuel (Cleonir fazia o Donald algumas vezes, nas dublagens onde Luís Manuel fazia o Mickey). Para muitos, Cleonir foi o dublador mais marcante de Mickey no Brasil, pois foi o único dentre os dubladores que fez uma voz diferente da voz do dublador original americano e dublou o personagem para televisão até o início dos anos 90 (segundo entrevista do próprio Cleonir para a revista Animação em 1995). No início dos anos 90, com o lançamento dos VHS da Disney, o Mickey ganhou a voz de Orlando Viggiani (mais parecida com a voz original feita por Luís Manuel nos anos 60). Mickey já foi feito também por Nizo Neto (em alguns episódios), Manolo Rey (em "Uma Cilada para Roger Rabbit"), Sérgio Moreno (em produções modernas), e atualmente é dublado por Guilherme Briggs em "A Casa do Mickey Mouse". Em Portugal, a dublagem era a mesma utilizada no Brasil até ao momento em que Portugal passou a fazer as suas próprias dublagens, e desde então a voz do personagem é dublada pelo ator Rui Paulo.

Robiscos 60 - Falta de opção

Tem babaca demais nesse mundo...

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Angus & Marla - Bem pra vista!

Se faz bem pra vista as óticas e oculistas devem ser os donos das fábricas de inseticida!